Benefícios da Ginástica Laboral

Segundo autores como Guerra (1995), Mendes (2000) e Oliveira (2006), a Ginástica Laboral apresenta resultados rápidos e diretos no alívio das dores corporais dos trabalhadores, ajudando a prevenir as LER/DORT, com a vantagem de promover a melhoria no relacionamento interpessoal dentro da empresa.


Pesquisas realizadas nos Estados Unidos indicam que, para cada dólar investido neste sentido, são economizados três dólares, incluindo assistência médica e queda de faltas

no trabalho, além de um aumento da produtividade (JIMENES, 2002). Ferreira (1998) apresenta dados de empresas brasileiras, que demonstram que, para cada real investido no programa, a empresa economiza R$ 4.00 com a redução do número de licenças e despesas médicas. E em recente estudo realizado em uma empresa do Rio Grande do Sul, foram constatados percentuais de redução dos casos de LER/DORT, em torno de 45%, após a implantação de um programa de Ginástica Laboral. Revista do Confef (2007), De acordo com Mendes (2005) outras evidências ainda têm demonstrado que a implementação da Ginástica Laboral em uma empresa proporciona inúmeros benefícios, dentre eles a mudança de estilo de vida dos trabalhadores, concorrendo, assim, para o aumento da produtividade nas empresas.


No entanto, não se deve apenas levar em consideração para o aumento de produtividade de uma empresa, a implantação de um programa de Ginástica Laboral. Um conjunto de melhorias precisa ser adotado visando à modificação do processo de trabalho, como, por exemplo, a adequação dos instrumentos e equipamentos e realização de análises ergonômicas dos postos de trabalho.


Portanto, levando-se em conta esses fatores, a Ginástica Laboral é capaz de promover importantes benefícios para os trabalhadores quanto para as empresas e seus empresários. Para o empregador, a ginástica laboral promove a redução do absenteísmo, redução nas despesas com acidentes, lesões e afastamento médico, melhoria da imagem da instituição para a sociedade e funcionários, assim como a

melhoria da produção e do rendimento dos funcionários, já que aumenta a disposição para o trabalho. Para os funcionários esta atividade promove os seguintes benefícios fisiológicos, psicológicos e sociais.


.

.

Siqueira, Gisela Rocha de Ginástica laboral: noções básicas, conceitos gerais e perspectivas / Gisela Rocha de Siqueira, Ricardo Alexandre Guerra Vieira. – Recife: Ed.

Universitária da UFPE, 2009.



58 visualizações1 comentário

© Proativa Eventos 2019